A Embaixadora Gabriela Soares de Albergaria recebeu, ontem, na Embaixada uma delegação da recém constituída AEPTC – Associação Empresarial Portugal Colômbia.

Criada recentemente por um grupo de empresários portugueses de diferentes sectores económicos, esta iniciativa resultou da vontade de promover um intercâmbio económico entre as empresas portuguesas e colombianas, numa primeira fase, e posteriormente com as empresas que façam negócios em toda a América Latina.

O Presidente, Jorge Rolão Fonseca, a Vice-Presidente Helena Marques, e o membro da Direção Rui Dias apresentaram a Associação Empresarial Portugal Colômbia (AEPC) explicando que se trata de uma associação patronal de entidades singulares e/ou coletivas devidamente licenciadas que, nos territórios nacional e colombiano, exercem a sua atividade nas mais diferentes áreas económicas – comerciais, industriais, têxtil, culturais, turísticas, tecnológicas, construção civil.

Em 2017, mais de 500 empresas portuguesas já exportam para a Colômbia, com a maior subida de posição no Ranking Doing Business de 2007 – 2016. Apresenta um crescimento médio do PIB, entre 2010 e 2015, de 4,5%. De qualquer forma, Portugal tem menor expressão no comércio externo da Colômbia como fornecedor do que como cliente, tendo ocupado a 29ª posição, enquanto cliente, com uma quota de 0,69% no total das exportações colombianas, em 2016, e o 42º lugar, como fornecedor, com uma percentagem de 0,20% relativa ao montante global das importações.

Foi a pensar neste enorme intercâmbio económico que nasceu a Associação Empresarial Portugal Colômbia que tem por objectivo dinamizar acções/iniciativas que possam acrescentar valor a todos os seus associados.